Pular para o conteúdo principal

Mudando de assunto: Street Dance

Em 1967, o DJ Kool Herc lançou essa dança através do Funk (não confundir com o funk carioca.).
O Breaking, uma das vertentes dos Street Dances, explodiu nos EUA em 1981 e se expandiu mundialmente. No Brasil, os dançarinos incorporaram novos elementos à dança.
Existem dois tipos de street dance qual são novos, talvez exoticos:
  1. Street dances vinculada a Cultura Hip Hop, grupos ou crews;
  2. Street dances vinculada às academias e estúdios de dança.
No Chile há uma variedade enorme de estilos. Em janeiro de 1991, a dança de rua começou aqui no nosso país. Ela foi introduzida na cidade de Santos, pelo coreógrafo Marcelo Cirino, que idealizou um novo estilo,com um trabalho de pesquisa desde 1982 e foi incorporado elementos da nossa cultura criando assim a dança de rua Brasileira.
Podemos caracterizar o Street Dance como:
  • Um trabalho de coordenação motora com ritmo e musicalidade..
  • Um ritmo,onde se dá mais atenção aos movimentos fortes e enérgicos executados pelos braços, pernas, movimentos acrobáticos coreografados, saltos e saltos mortais.
  • Uma dança com maioria de dançarinos homens, porém hoje encontra-se um maior espaço para as mulheres.
  • São usadas músicas que tenham batidas fortes e marcantes,algumas músicas eletrônicas e em geral músicas cantadas em cima dos breakbeats.
O Street Dance quando vinculada ao movimento Hip Hop (Hip do inglês - quadril; Hop - pulo) toma um outro sentido na história e em sua formação.
Existem vários estilos de dança dentro do Hip Hop, tais como:
  1. Breaking;
  2. Popping;
  3. Locking;
  4. Krumping;
  5. Waacking;
  6. House Dance;
  7. Vogue;
  8. Street Jazz ou Jazz-Funk;
  9. Stilleto;
  10. Funk Carioca
  11. Smurf Dance
  12. Freehand Glowsticking
  13. Disco
  14. Waving
  15. Ticking
  16. Body Waving
  17. Windmill
  18. Freestep
  19. Melbourne Shuffle
  20. Tecktonik
  21. Hardstyle
  22. Jumpstyle
  23. PSY Rebolation
  24. New Style
  25. Hip Hop;
  26. Sensualize;
O Hip Hop Dance é a união de todas as social dances. O "Break Beat" é a batida de fundo repetitiva muito conhecida pelos Mcs em seus shows. Os Djs tocam a música e os dançarinos (b.boys ou b.girls) dançam nessa batida da música.
Difere-se do Hip Hop Dance, que utiliza-se das danças sociais conhecidas, como Harlem Shake, Happy Feet, Monastery e etc. Em outras palavras, o Hip Hop é um estilo de dança mais dinâmico, já que veio de outras danças sociais.
Uma das grandes características vinculada ao Hip Hop é a improvisação e a mistura de linguagens como encenação teatral, Tem o seu nascimento nos Estados Unidos (o leste e o oeste norte americano têm expoentes diferentes de estilos e de representantes).
A partir de 1984, foi iniciada a manifestação do Hip Hop Dance, com o precursor Buddha Stretch, junto com seu grupo Elite Force Crew. Stretch também foi o primeiro coreógrafo na cidade de Nova Iorque a ministrar uma aula de Hip Hop na consagrada BROADWAY DANCE CENTER...

Comentários

  1. Depois de assistir ao filme Street Dance, fiquei apaixonada, show de bola.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Brincadeiras para aula de Baby Class

Recursos Didáticos – Brincadeira é coisa séria! A brincadeira deve ser valorizada pois é através dela que se constrói os conceitos lógicos-matemáticos: quantidade, tamanho, distância, etc. A brincadeira diverte e educa através de jogos, dancinhas, concursos, grupinhos, histórias, etc.
1-Técnica Significa fazer bem feito o que aprendeu, libertando energia física e emocional. Deve ser considerada em último plano, pois é conseqüência do trabalho de base.Deve ser exigida somente a partir dos 9 anos mais ou menos.
2-Esquema corporal Ensinar as diferenças e a importância de cada parte do corpo, explicando que podemos mexer com os dedos sem mexer com as mãos etc. Ex: – as crianças sentadas no chão deverão mexer com cada parte de seu corpo independentemente, começando pelos dedos dos pés e ir subindo até tomar todo o corpo.
3-Ritmo/Musicalidade Cada criança tem um ritmo próprio que dever ser respeitado. O professor deve despertar a musicalidade utilizando a música durante as brincadeiras. Ex: – em roda…

Tenho 15 anos, posso começar o ballet nesta idade?

O ideal é começar mais nova porque o físico é mais fácil de ser trabalhado, mas em compensação com a sua idade a consciência corporal é muito melhor e você irá conseguir associar a técnica ao corpo mais rápido, principalmente se tiver certas facilidades como um bom pé, flexibilidade, força, boa memória e musicalidade. Ballet não é fácil e não é a idade que vai mudar isso, o importante é você fazer o que te realiza para que não se arrependa depois...se isso vai te fazer feliz, você enfrentará qualquer dificuldade com coragem e vai valorizar cada sacrifício necessário para ser uma boa bailarina...procure uma boa escola e a ajuda de um profissional para te orientar melhor...e espero que você consiga alcançar seus objetivos no ballet e na vida...!!!!

Quebrando a sapatilha de ponta

Você já deve ter ouvido falar que as bailarinas precisam quebrar suas sapatilhas pra poder dançar com elas, né? Mas afinal, por que quebrá-la? Quebrar uma sapatilha (nova) vai deixá-la mais confortável e mais fácil de subir. Quando uma bailarina quebra sua sapatilha, ela está, na verdade, moldando-a pra que fique no formato de seus pés. Lembrando que tudo começa com um par de sapatilhas que foram escolhidas especificamente e unicamente pro uso de uma bailarina. Na ora de comprar e fazer seu fitting, dê preferência a quem entende e tem experiência no ramo, pois se você começa com um número errado, pra acertar depois fica difícil. E se você já comprou a sua então aqui vão algumas dicas pra te ajudar a quebrá-las e amaciá-las! Amacie a box. Massageie gentilmente as laterais, pressionado pra baixo, como se você quisesse amassá-la. Use as mãos, hein? Seu pé pode danificar a box! Algumas bailarinas amaciam a box ficando em cima dela ou batendo com um martelo ou imprensando na porta. Esse proced…