Pular para o conteúdo principal

A importância dos exercícios de Ballet na Barra!


Pode parecer como um simples de aquecimento ou um conjunto de exercícios, na verdade, o trabalho que você faz no ballet, na barra é a base para todos os outros trabalhos que você faz como bailarino. O trabalho na barra não só desenvolve suas habilidades de ballet, mas acrescenta no seu desenvolvimento em qualquer outro tipo de dança que você fizer.
Plies
Nos exercícios de barra, como você já pode ter notado, segue um padrão de progressão mais lenta com movimentos básicos com mais velocidade e dinâmica. Embora o plié é quase sempre o primeiro exercício da barra que você faz, não é para ser ignorado! Os plies são, de fato, um dos mais importantes – se não o mais importante – exercício que você pode fazer.
barra-ballet1Os exercícios de Plies são geralmente uma combinação de demi-plies e Grande plies, de modo que você dobre os joelhos, você está ensinando as virilhas a girar para fora, seus tornozelos para resistir à queda, seus pés para fazer relevé, e seu tronco para ficar levantado. Ainda parece um simples movimento, o plié pode ser visto como o alicerce para o resto de sua dança. Se você o fizer incorretamente, as chances de você seguir com erros ao longo de quase tudo que fizer. Além disso, a força que você constrói em suas coxas durante este exercício se torna a sua fonte de energia quando você executar os movimentos mais complexos.
Tendu e Degagé
Tendus e rond de Jambes, ambos podem ser feitos com ou sem plié, treinar suas pernas e pés para ficarem alongados. Nas laterais e atrás os tendus em especial, para o bailarino de manter em boa postura, mesmo quando a perna não está em uma posição natural. Durante estes exercícios você deve manter a perna longa e forte isso é extremamente importante.
Grand Battement
Estes altos chutes ajudam a reforçar a musculatura e flexibilidade, que são responsáveis ao “jogar” a perna. Eles também te ensinam a controlar a perna caindo, construindo uma resistência em seus músculos abdominais também. É o exercício mais dinâmico na barra, battements também te aquecem para o resto da aula e preparando-lhe para se deslocar para o centro da sala.
Port de Bras
Os movimentos dos braços que acompanham cada barra te ajuda a fazer um exercício mais gracioso
Os exercícios de braços na barra serão em exploração (embora ligeiramente) para lhe dar apoio e acrescentar equilíbrio. Preste muita atenção ao seu braço ao fazer os movimentos, eles devem ser leves e suaves. Os braços também trazem  coordenação e força.
Flexibilidade
Finalmente, a barra é frequentemente utilizada como uma ferramenta para bailarinos se alongarem. Um lugar fácil para içar uma perna, isto pode ser útil para a criação de resistência para os músculos. Antes dos exercícios de barra você deve fazer um pequeno alongamento dos músculos e você será capaz de esticar ainda mais suas pernas. Os alongamentos auxiliam para os battements serem mais alto, tornam esses arabesques mais longos, e evitam a dor após dançar.
Então da próxima vez que for fazer os exercícios de barra, lembre-se de estar atento e não descuidado. Saber se concentrar e como você deve aquecer e alongar o seu corpo vai ajudar a recriar os corretos e belos movimentos mais tarde!

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Brincadeiras para aula de Baby Class

Recursos Didáticos – Brincadeira é coisa séria! A brincadeira deve ser valorizada pois é através dela que se constrói os conceitos lógicos-matemáticos: quantidade, tamanho, distância, etc. A brincadeira diverte e educa através de jogos, dancinhas, concursos, grupinhos, histórias, etc.
1-Técnica Significa fazer bem feito o que aprendeu, libertando energia física e emocional. Deve ser considerada em último plano, pois é conseqüência do trabalho de base.Deve ser exigida somente a partir dos 9 anos mais ou menos.
2-Esquema corporal Ensinar as diferenças e a importância de cada parte do corpo, explicando que podemos mexer com os dedos sem mexer com as mãos etc. Ex: – as crianças sentadas no chão deverão mexer com cada parte de seu corpo independentemente, começando pelos dedos dos pés e ir subindo até tomar todo o corpo.
3-Ritmo/Musicalidade Cada criança tem um ritmo próprio que dever ser respeitado. O professor deve despertar a musicalidade utilizando a música durante as brincadeiras. Ex: – em roda…

Tenho 15 anos, posso começar o ballet nesta idade?

O ideal é começar mais nova porque o físico é mais fácil de ser trabalhado, mas em compensação com a sua idade a consciência corporal é muito melhor e você irá conseguir associar a técnica ao corpo mais rápido, principalmente se tiver certas facilidades como um bom pé, flexibilidade, força, boa memória e musicalidade. Ballet não é fácil e não é a idade que vai mudar isso, o importante é você fazer o que te realiza para que não se arrependa depois...se isso vai te fazer feliz, você enfrentará qualquer dificuldade com coragem e vai valorizar cada sacrifício necessário para ser uma boa bailarina...procure uma boa escola e a ajuda de um profissional para te orientar melhor...e espero que você consiga alcançar seus objetivos no ballet e na vida...!!!!

Quebrando a sapatilha de ponta

Você já deve ter ouvido falar que as bailarinas precisam quebrar suas sapatilhas pra poder dançar com elas, né? Mas afinal, por que quebrá-la? Quebrar uma sapatilha (nova) vai deixá-la mais confortável e mais fácil de subir. Quando uma bailarina quebra sua sapatilha, ela está, na verdade, moldando-a pra que fique no formato de seus pés. Lembrando que tudo começa com um par de sapatilhas que foram escolhidas especificamente e unicamente pro uso de uma bailarina. Na ora de comprar e fazer seu fitting, dê preferência a quem entende e tem experiência no ramo, pois se você começa com um número errado, pra acertar depois fica difícil. E se você já comprou a sua então aqui vão algumas dicas pra te ajudar a quebrá-las e amaciá-las! Amacie a box. Massageie gentilmente as laterais, pressionado pra baixo, como se você quisesse amassá-la. Use as mãos, hein? Seu pé pode danificar a box! Algumas bailarinas amaciam a box ficando em cima dela ou batendo com um martelo ou imprensando na porta. Esse proced…