Pular para o conteúdo principal

Encaixe de quadril. O que é correto?


o que é o encaixe do quadril? É posicionar seu quadril corretamente, na direção linear dos ombros e coluna. Obs.: não confundam posicionar com "embutir"; ninguém vai empurrar os glúteos pra dentro e ficar reta igual a uma tábua, nem toda dura também. Somente irá se posicionar de forma correta, com postura alongada. O quadril faz um conjunto com a coluna, o pescoço, a cabeça e os ombros. Se tudo isso estiver harmônico, a postura na dança estará correta. O en dehors, coisa essencial no ballet, faz com que, quase automaticamente, o quadril seja encaixado. Fazer um levantamento de perna sem encaixe de quadril é o mesmo que fazê-lo sem en dehors; aí, você estará levantando sua perna pelo bumbum, o que é totalmente errado.

Claro que se o encaixe do quadril for feito de modo errado, causará problemas para a coluna com o decorrer do tempo. Se você ainda não conhece o seu corpo, não sabe posicionar tudo direitinho, peça orientação de sua professora ou professor; eles são quem mais podem lhe ajudar com essas questões.

Alguém já viu uma bailarina famosa, como a Svetlana Zakharova, a Alina Cojocaru, a Tamara Rojo, entre outras, dançar desencaixada? Acho que não, não é mesmo? Isso faz parte do ballet! Dizer que não existe será uma falsa afirmação. Será que as professoras estudaram suas faculdades pra nada? Pelo menos as minhas professoras sempre fornecem informações quanto a feição correta dos passos, para não haver comprometimento de nosso corpo.

Outro tópico: o ballet com certeza traz demasiados benefícios a saúde; tonifica músculos, melhora a auto estima e coordenação motora, etc. Mas ele causa danos; negar isso é impossível. O simples fato da sapatilha de ponta ser usada pelas bailarinas já compromete certos aspectos; os movimentos difíceis, de sobrecarga, também. O ballet causa problemas ao corpo com o tempo, isso é inevitável. Assim como a corrida, a ginástica, o salto com vara. Mas podemos amenizá-los.

Com as fotos abaixo, espero que compreendam como o encaixe do quadril é importante no ballet:








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Brincadeiras para aula de Baby Class

Recursos Didáticos – Brincadeira é coisa séria! A brincadeira deve ser valorizada pois é através dela que se constrói os conceitos lógicos-matemáticos: quantidade, tamanho, distância, etc. A brincadeira diverte e educa através de jogos, dancinhas, concursos, grupinhos, histórias, etc.
1-Técnica Significa fazer bem feito o que aprendeu, libertando energia física e emocional. Deve ser considerada em último plano, pois é conseqüência do trabalho de base.Deve ser exigida somente a partir dos 9 anos mais ou menos.
2-Esquema corporal Ensinar as diferenças e a importância de cada parte do corpo, explicando que podemos mexer com os dedos sem mexer com as mãos etc. Ex: – as crianças sentadas no chão deverão mexer com cada parte de seu corpo independentemente, começando pelos dedos dos pés e ir subindo até tomar todo o corpo.
3-Ritmo/Musicalidade Cada criança tem um ritmo próprio que dever ser respeitado. O professor deve despertar a musicalidade utilizando a música durante as brincadeiras. Ex: – em roda…

Tenho 15 anos, posso começar o ballet nesta idade?

O ideal é começar mais nova porque o físico é mais fácil de ser trabalhado, mas em compensação com a sua idade a consciência corporal é muito melhor e você irá conseguir associar a técnica ao corpo mais rápido, principalmente se tiver certas facilidades como um bom pé, flexibilidade, força, boa memória e musicalidade. Ballet não é fácil e não é a idade que vai mudar isso, o importante é você fazer o que te realiza para que não se arrependa depois...se isso vai te fazer feliz, você enfrentará qualquer dificuldade com coragem e vai valorizar cada sacrifício necessário para ser uma boa bailarina...procure uma boa escola e a ajuda de um profissional para te orientar melhor...e espero que você consiga alcançar seus objetivos no ballet e na vida...!!!!

Quebrando a sapatilha de ponta

Você já deve ter ouvido falar que as bailarinas precisam quebrar suas sapatilhas pra poder dançar com elas, né? Mas afinal, por que quebrá-la? Quebrar uma sapatilha (nova) vai deixá-la mais confortável e mais fácil de subir. Quando uma bailarina quebra sua sapatilha, ela está, na verdade, moldando-a pra que fique no formato de seus pés. Lembrando que tudo começa com um par de sapatilhas que foram escolhidas especificamente e unicamente pro uso de uma bailarina. Na ora de comprar e fazer seu fitting, dê preferência a quem entende e tem experiência no ramo, pois se você começa com um número errado, pra acertar depois fica difícil. E se você já comprou a sua então aqui vão algumas dicas pra te ajudar a quebrá-las e amaciá-las! Amacie a box. Massageie gentilmente as laterais, pressionado pra baixo, como se você quisesse amassá-la. Use as mãos, hein? Seu pé pode danificar a box! Algumas bailarinas amaciam a box ficando em cima dela ou batendo com um martelo ou imprensando na porta. Esse proced…