Pular para o conteúdo principal

8 dicas para ajudar você a melhorar qualquer estilo de dança


8 dicas para ajudar você a melhorar qualquer estilo de dança
Não importa o seu nível de experiência, estas dicas vão ajudá-lo a se tornar um bailarino melhor. Siga estas dicas para alcançar resultados satisfatórios.
Dica 1: Encontrar um grande professor
Bailarinos experientes sabem a importância de um bom professor de dança. A professora de dança não só ensina novos passos e técnicas, mas também corrige erros. Se você é novo na dança, escolha com cuidado o seu professor. Se você já está frequentando aulas por algum tempo e não está melhorando, seria interessante procurar um novo professor. Com algum tempo de dança você vai percebendo quais são as qualidades que você prefere em um professor de dança.
Dica 2: Assistir outros bailarinos, filmes e professores
Alugue alguns filmes de dança ou vídeo-aulas. Assista os bailarinos de perto, observando as coisas tais como postura corporal, alinhamento e técnica. Tente encontrar maneiras de incorporar estilos que você gosta em sua própria dança.
Dica 3: Aperfeiçoe a sua postura
Levante-se em linha reta, empurre os ombros para baixo e para trás, e mantenha a cabeça erguida. É realmente incrível o que uma boa postura faz por um bailarino.
Dica 4: Alongamento 
Séries de alongamento fará seu corpo muito mais flexível. A grande meta na dança é fazer com que cada movimento seja feito sem esforço. Quanto mais ágil suas pernas estiverem, mais fácil será para movê-las. Crie o hábito de se alongar  todos os dias.
Dica 5: Melhorar a sua técnica
Bailarinos profissionais dedicam toda a sua carreira aperfeiçoando sua técnica. Boa técnica é o que separa os bons bailarinos dos melhores bailarinos. Aprender novos movimentos, mas nos esforçamos para aperfeiçoar as habilidades de cada etapa.
Dica 6: Usar sapatos adequados
Cada estilo de dança exige um tipo específico de calçado. Sapatos de dança são cuidadosamente estruturados para proteger as pernas e pés e em benefício do bailarino. Certifique-se de que você está dançando com o tipo correto de calçado e que os sapatos são do tamanho certo.
Dica 7: Relaxe
Seu corpo vai dançar melhor em um estado relaxado. Respire profundamente algumas vezes e limpar sua mente. Aprenda a relaxar com a música.
Dica 8: Sorria
Um sorriso é uma expressão de prazer, felicidade e diversão. Se você sorrir enquanto está dançando, as pessoas terão a sensação de que você ama o que estão fazendo. Mesmo se você está dançando sozinha, sorria para si mesmo. Se você adora dançar, então mostre!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Brincadeiras para aula de Baby Class

Recursos Didáticos – Brincadeira é coisa séria! A brincadeira deve ser valorizada pois é através dela que se constrói os conceitos lógicos-matemáticos: quantidade, tamanho, distância, etc. A brincadeira diverte e educa através de jogos, dancinhas, concursos, grupinhos, histórias, etc.
1-Técnica Significa fazer bem feito o que aprendeu, libertando energia física e emocional. Deve ser considerada em último plano, pois é conseqüência do trabalho de base.Deve ser exigida somente a partir dos 9 anos mais ou menos.
2-Esquema corporal Ensinar as diferenças e a importância de cada parte do corpo, explicando que podemos mexer com os dedos sem mexer com as mãos etc. Ex: – as crianças sentadas no chão deverão mexer com cada parte de seu corpo independentemente, começando pelos dedos dos pés e ir subindo até tomar todo o corpo.
3-Ritmo/Musicalidade Cada criança tem um ritmo próprio que dever ser respeitado. O professor deve despertar a musicalidade utilizando a música durante as brincadeiras. Ex: – em roda…

Tenho 15 anos, posso começar o ballet nesta idade?

O ideal é começar mais nova porque o físico é mais fácil de ser trabalhado, mas em compensação com a sua idade a consciência corporal é muito melhor e você irá conseguir associar a técnica ao corpo mais rápido, principalmente se tiver certas facilidades como um bom pé, flexibilidade, força, boa memória e musicalidade. Ballet não é fácil e não é a idade que vai mudar isso, o importante é você fazer o que te realiza para que não se arrependa depois...se isso vai te fazer feliz, você enfrentará qualquer dificuldade com coragem e vai valorizar cada sacrifício necessário para ser uma boa bailarina...procure uma boa escola e a ajuda de um profissional para te orientar melhor...e espero que você consiga alcançar seus objetivos no ballet e na vida...!!!!

Quebrando a sapatilha de ponta

Você já deve ter ouvido falar que as bailarinas precisam quebrar suas sapatilhas pra poder dançar com elas, né? Mas afinal, por que quebrá-la? Quebrar uma sapatilha (nova) vai deixá-la mais confortável e mais fácil de subir. Quando uma bailarina quebra sua sapatilha, ela está, na verdade, moldando-a pra que fique no formato de seus pés. Lembrando que tudo começa com um par de sapatilhas que foram escolhidas especificamente e unicamente pro uso de uma bailarina. Na ora de comprar e fazer seu fitting, dê preferência a quem entende e tem experiência no ramo, pois se você começa com um número errado, pra acertar depois fica difícil. E se você já comprou a sua então aqui vão algumas dicas pra te ajudar a quebrá-las e amaciá-las! Amacie a box. Massageie gentilmente as laterais, pressionado pra baixo, como se você quisesse amassá-la. Use as mãos, hein? Seu pé pode danificar a box! Algumas bailarinas amaciam a box ficando em cima dela ou batendo com um martelo ou imprensando na porta. Esse proced…